12.02.2015

d'A conversa

O dia havia de se chegar. Já se foi anunciando em pequenas perguntas, em danças mais sui geniris, em risinhos parvos, em questões técnicas tipo por onde é que os bebés saem... O dia ficou mais perto quando na escola começam a ensinar a treta do sistema reprodutor no 3º ano. Fora o pormenor de me parecer indecentemente prematuro, pergunto-me se equacionaram a parte de explicar como é que a sementinha se enfia pela barriga da mãe adentro?! Pois claro, nada como lançar a bomba e deixar os pais tratarem do resto... Ensinam uns mega palavrões e esquecem-se que as crianças não vão decorar mais do que isso: palavrões. Um sistema altamente complexo que eu apenas pretendo que os meus filhos entendam como amor. Estamos lixados.

Recebo a mensagem: prepara-te, hoje é o dia em que temos A conversa! Instala-se o pânico em mim, corro para a internet e só fico mais aflita. Não tarda a miúda entra pela porta e vem pedir-me as satisfações! E eu á toa. O pai que já foi avisando que é conversa para termos os 3, portanto suponho que o que quer que seja que ela tenha estado a fazer nas últimas 2 horas foi em vão, porque eu conheço-a e sei que isto não lhe saiu da cabeça. Há-de estar em pulgas para perceber a técnica, tal como eu estou em pulgas quando a ponho em acção. Its only natural penso eu... A internet é uma palhaçada pegada: descobri tanto sobre isto como sobre se deva ou não deixar as tartarugas hibernarem! Tento lembrar-me do que me ensinaram a mim, mais inútil ainda!
Mas e agora pôr isto em termos que ela perceba?

Explicar-lhe que é bom para caraças, com a pessoa certa. Esclarecer que só é bom se dois pessoas quiserem e que só depois de crescerem maminhas é que faz sentido? Dizer-lhe que pode perguntar o que quiser e que não precisa de ter vergonha de querer saber, mas fazê-la entender de que não adianta explicar a teoria, porque na prática e tão mais simples e tão mais complexo? Ou explicar a técnica e fingir que nem é assim tão bom e que é um mal necessário para de facto termos bebés. help!! como raio explico essa treta da semente que algum desgraçado inventou?! oh filha, então sai do pénis que está dentro da vagina da mãe e fica por lá até crescer um bébé?! Estamos lixados.

Já lhe expliquei que não, que aos 13 anos não se deve ainda ter filhos... Já outro dia fui adiantando que o pipi não é só para fazer xixi, que sim, que os bebés saem por lá (os meus não, mas isso agora não interessa nada!), não equacionei a parte de que ela ia querer saber mais, já. Pelos vistos uma amiga da escola explicou-lhe qualquer coisa... há-de ter soado tão surreal que ela quer confirmar a história com alguém mais credível - os pais. Fico muito contente por isso, mais ainda por ela ter tido a coragem de perguntar, mas sinto-me encurralada. Os meus pais educaram-me em muita coisa, nisto, desculpem, mas foram uma lástima! Nisto quero ser diferente deles!

Espero que ela chegue, que me explique o que a amiga lhe explicou e confirmo ou desminto. Parece-me um bom plano. Pode ser que seja tão simples quanto isto...

No comments: